segunda-feira, 18 de maio de 2015

PROGRAMA AGENTES AMBIENTAIS MIRINS


Semeando um Futuro Melhor


“Somente depois da última árvore derrubada,
 depois do último animal extinto,
 e quando perceberem o último rio poluído e sem peixe,
 o Homem irá ver que dinheiro não se come.” (Provérbio Indígena)


Objetivo:
O objetivo deste trabalho é promover a compreensão, conscientização e a importância do meio ambiente em nossas vidas, de modo a formar uma concepção mais rica, noções críticas e consequentemente cidadãos que, no futuro serão possivelmente capazes de defender o meio em que vivemos.

Objetivo específico:
  • Ampliar os conhecimentos dos participantes sobre as questões ambientais e de seus problemas globais e locais.
  • Capacitar crianças e professores como agentes multiplicadores de Educação Ambiental.
  • Despertar a conscientização ecológica e uso sustentável dos recursos naturais.
  • Desenvolver práticas de Educação Ambiental envolvendo as crianças, de modo a levar os conteúdos aprendidos na própria casa, fomentando mudanças no cotidiano das famílias, iniciando atitudes ecologicamente corretas.
  • Realizar futuras parcerias com os diversos segmentos da sociedade na construção de uma sociedade mais justa e solidária com as questões ambientais.
  • Promover reflexões críticas sobre a temática ambiental e qualidade de vida.

São abordados vários temas importantes como:
  • Meio Ambiente
  • Lixo
  • Reciclagem
  • Biodiversidade
  • Água
  • A importância das árvores
  • Desmatamento
  • Queimadas
  • Poluição
  • Efeito Estufa
  • Aquecimento global
E realizando algumas experiências e excursões.

Este trabalho está sendo desenvolvido pela capacitadora Karina na turma do 4º ano da professora Maria de Lourdes.

Atividades desenvolvidas na sala de aula


 
Fotos de palestras, experiências, excursões

Palestra e experiência sobre reciclagem

Palestra: Porque as árvores são importantes?
Palestra Biodiversidade





Palestra e experiência sobre a água

Excursão Lamil

segunda-feira, 11 de maio de 2015

PROJETO LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO


Dentro do projeto Leitura e Produção de Texto, os alunos dos 7º anos se reuniram em grupos e fizeram a leitura de alguns livros da coleção “Literatura em minha casa”. Cada grupo escolheu um livro e depois da leitura fizeram a apresentação do livro para a turma. 
O objetivo era incentivar os alunos a lerem outros livros. 
Eles capricharam na apresentação e superou minhas expectativas.
Adorei!!!!!!!! Parabéns a todos os alunos que, com dedicação e entusiasmo, cumpriram essa tarefa.... 
Simone – Professora de Português 



terça-feira, 5 de maio de 2015

PROJETO MINAS EM DESTAQUE

Cumprindo o cronograma de atividades propostas as pibidianas: Vanilza, Thaís, Heloíza, Fabiana e Lidiane, juntamente com a professora Dayse e os alunos do 5º ano desenvolveram atividades dentro do Projeto Minas em destaque enfocando o tema "Circuito Verde - Trilha dos Bandeirantes".


segunda-feira, 4 de maio de 2015

AUDITÓRIO MÊS DE ABRIL


Estamos aqui reunidos para comemorarmos algumas entre tantas datas importantes do mês de abril.



 Alunos do 3º ano, professoras Ivanete e Edna prepararam algumas apresentações, vejamos:  
  • Uma mensagem sobre o verdadeiro sentido da Páscoa, que foi comemorada no dia 05.

 
  • O dia 28 de abril é dedicado à educação. Nossos colegas vão declamar um poema “Que palavra é esta?” falando da importância da EDUCAÇÃO.

  •  Neste dia também comemoramos o dia de Monteiro Lobato, o maior escritor brasileiro.
    Maria Heloísa vai ler um pouco sobre ele.
    Em seguida ouviremos o poema “Boneca de Verdade”
    E a música “Emília, a boneca gentil” com uma apresentação.
 
  • Não podemos deixar de lembrar dos primeiros habitantes de nosso país: O índio.
    O dia 19 de abril é dedicado a eles.
    Vamos assistir a apresentação de um jogral e uma música dançada por alguns alunos.


  • Não podemos encerrar nossas comemorações sem nos lembrar daquelas que são responsáveis por deixar nossa escola tão limpinha e fazer essa merenda saborosa que recebemos todos os dias.
    Vamos convidar as cantineiras do nosso turno: Lady Jane, Maria das Graças, Marlene, Vaniuza, Maria José, para receberem nossas homenagens.

     
    Assim, encerramos nossas comemorações. Agradecemos a todos!



quinta-feira, 30 de abril de 2015

segunda-feira, 13 de abril de 2015

PROJETO LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO


Jogo POLAS - A leitura literária: percepção e envolvimento do leitor

Objetivo: Despertar o interesse pela leitura literária com jogos e brincadeiras que facilitem a percepção da história.

Orientações:
Professor, nesta aula os alunos irão experimentar uma brincadeira com textos narrativos que poderá ser aplicada a qualquer texto literário lido em sala. Aproveite este jogo para estimular a participação oral dos alunos e a possibilidade de fazê-los pensar um pouco mais sobre as informações da história lida.
Geralmente as atividades com leitura na escola são realizadas com debates, cartazes ou apresentações teatrais, quando não se limitam a exercícios e avaliações formais (provas e fichas de leitura) a respeito dos acontecimentos da história e de seus elementos narrativos.
Nesta aula, você e seus alunos poderão experimentar um modo diferente de analisar as informações das histórias lidas em sala de aula. A brincadeira das cartas POLAS a seguir tem por objetivo envolver os alunos emocionalmente na atividade de leitura e, a partir deste envolvimento, relacionar as informações da história aos elementos narrativos selecionados no jogo: personagem, objeto, lugar, ação e sensações (sentimentos).
Atenção! O momento da confecção das cartas do jogo e do tabuleiro é muito importante para a reflexão a respeito da leitura e do texto. Nesta hora os alunos farão a síntese da leitura, a retomada dos acontecimentos e a identificação das informações relevantes do texto para a seleção do conteúdo das cartas.
Durante o jogo, eles farão mímicas para a dramatização das cenas ou dos elementos narrativos da história que se referem ao objeto nomeado na carta, segundo indicação do tabuleiro.
Caso o aluno não associe a palavra indicada na carta à história, o seu desempenho poderá não ser satisfatório. Enquanto os alunos jogam, ou melhor, brincam, o professor deverá caminhar na sala e mediar as dificuldades, além de participar do momento de diversão e entrosamento do grupo.
Professor, cada aluno deverá confeccionar três cartas. Assim que as cartas estiverem prontas, embaralhe-as e inicie a confecção dos tabuleiros.
Cada grupo de quatro alunos necessita de um tabuleiro para jogar. Faça a trilha em uma folha A4, seguindo o modelo das trilhas convencionais de jogos com tabuleiro. Tenha atenção para que a trilha repita continuamente o nome POLAS (ver modelo livro gestar II - AAA6).
Distribua 12 cartas, um tabuleiro e um dado para cada grupo de quatro alunos e explique as regras do jogo.
Para jogar, o aluno deverá arremessar o dado, andar no tabuleiro o número de casas indicado pelo dado e retirar uma carta da pilha no centro da mesa. Em seguida, deverá fazer a representação mímica da palavra indicada na carta, respectiva à letra indicada no tabuleiro, para que o seu companheiro de jogo adivinhe a informação contida na carta.
Não são válidos os recursos de desenhar ou de soletrar as palavras. Assim, apenas serão aceitas as mímicas. A leitura das histórias é o melhor recurso para adivinhar a palavra da carta, uma vez que a letra indicada no tabuleiro é a mesma da carta, representada na mímica.
Antes de iniciar a partida, leia as cartas produzidas pelos alunos, corrija quando for necessário, interfira quando a resposta for muito óbvia ou muito complexa e oriente aqueles que apresentarem um pouco de dificuldade para produzir as cartas.
O momento de confecção do material é o momento especial para percepção e avaliação da qualidade da leitura dos alunos. Aproveite enquanto as cartas são produzidas para observar o nível de compreensão da leitura, a facilidade e/ou a dificuldade apresentada por alguns quanto à retomada dos elementos textuais e de algumas informações do texto literário em questão.
Antes de encerrar a aula, diga aos alunos para avaliarem a prática do jogo POLAS e relacionarem esta dinâmica de leitura compartilhada às suas experiências prévias de leitor. A partir dessa atividade lúdica de observação da estrutura narrativa dos textos, reforce a possibilidade de os alunos serem leitores a partir de significativas experiências de leitura.
Leia outras crônicas e peça aos alunos que tragam de casa ou pesquisem na biblioteca diferentes histórias. Promova novas partidas do jogo POLAS em sala.

Textos lidos:
Prof.ª Simone Kátia



 

segunda-feira, 6 de abril de 2015

AUDITÓRIO DE MARÇO


No mês de março comemoramos com muita alegria o dia da mulher, da bibliotecária, da poesia, da água, da escola, do circo e a abertura do projeto de leitura.
Portanto, o espetáculo deste mês ficará por conta dos alunos do 5º ano, professoras Dayse e Vanete e pelas pibidianas Vanilza, Thaís Gonzaga, Heloiza, Fabiana, Lidiane, Gleidiane, Janete, Cássia, Laura e Thaís Gonçalves.
Prestem atenção, pois o espetáculo vai começar...


A poesia está em diversas manifestações artísticas:
 uma pintura, uma música, um poema.
A poesia toca nossas emoções, isto é, desperta nossa alegria, 
tristeza, compaixão, revolta.
Sensibilizar é impressionar, tocar os sentimentos.

1)As alunas Ana Clara e Camila declamará o poema “A bailarina” de Cecília Meireles. 

2) As alunas Júlia Letícia, Lorraine, Ana Carolina e Bruna nos encantará com o poema “As borboletas” de Vinícius de Moraes.



Durante o ano de 2015, estaremos desenvolvendo na escola um “Projeto de Leitura” com o tema “Ler é fundamental, escrever é essencial” com os alunos do 1º ao 6º ano.
A leitura possibilita a vivência de emoções, o exercício da fantasia e da imaginação e a oportunidade de alargamento dos horizontes pessoais e culturais.
O trabalho de leitura e escrita começará agora e acontecerão durante todo o ano. Ao final do ano, cada turma irá editar seu livro com as produções feitas pelos alunos.

3) Nesse espetáculo não podia faltar uma bela contação de história feita pela bibliotecária Rosangêla. Ouçam atentamente.


4) Os alunos Ítalo e Lucas nos mostrará que a leitura é como a música da imaginação, que nos faz percorrer os caminhos da sabedoria.


5) A biblioteca escolar é fundamental no desenvolvimento intelectual e cultural dos alunos, interagindo no processo de ensino-aprendizagem. Objetivando a valorização desse local de aprendizagem, informação e conhecimento a aluna Júlia Rodrigues lerá uma mensagem em homenagem a bibliotecária Rosângela.


 















6) Uma instituição tão importante para o mundo não poderia deixar de ser homenageada. No dia 15 de março, comemoramos o Dia da Escola. Comemoramos esse dia pela sua representação na sociedade e pela importância da função educativa que desempenha. A Escola é local de aprendizagem que se tornou a base da educação de nações inteiras. Enfim, a escola é como se fosse nossa segunda casa e é nela que ampliamos nossas amizades, aprendemos novos valores e construímos conhecimentos. Por tudo isso, os alunos Ana Clara Diniz, João Gabriel, Sara e Júlia Gabriele nos fará refletir a função da escola em nossas vidas.


O circo é uma das mais antigas e completas manifestações populares e artísticas que encantam a platéia. Um espetáculo de magia que faz até hoje a alegria não só das crianças, como também de muitos adultos.
"O circo é, antes de tudo, um espetáculo visual.
O palhaço faz tudo seriamente.
Ele não precisa falar e sim fazer graciosos trejeitos.

Hoje tem espetáculo?
Tem sim senhor!
Hoje tem marmelada?
Tem sim senhor!
E tem também palhaços, malabaristas, equilibristas, domadores, ilusionistas, trapezistas, globistas e ainda muitos animais.

7) Os alunos Nikolas, Marcelo, Mateus e Lucas nos contagiarão com um espetáculo de alegria e magia.

A água é o maior patrimônio natural que temos. 
Dela depende a nossa sobrevivência, 
sejamos responsáveis com cada gota desse precioso liquido.
Não desperdice!
Preservar a água é cuidar da vida!

8) Alunos do 5º ano apresentarão a música “De gotinha em gotinha” composta por Sandra Peres e Zé Tatit.

Mulher
A verdadeira guerreira do mundo. A pessoa que mais luta pelos seus ideais. Aquela que move montanhas, e tudo mais que vier pela frente. Ela não tem medo. Enfrenta. Encara. Fortalece. Cada dia mais forte, cada dia mais segura de si. As mulheres mudam o mundo. Fazem o planeta girar. Fazem o sol se aquecer. Pois elas têm o poder. Tem a mão de Deus em sua criação. E nada mais justo, que um dia especial para elas!

9) Homenagem das pibidianas as mulheres que encantam a escola “Dom Bosco”.



Antes do encerramento do espetáculo, gostaríamos de convidar a frente às funcionárias Sônia, Rosângela e as pibidianas Vanilza, Thaís Gonzaga, Heloiza, Fabiana, Lidiane, Gleidiane, Janete,
 Cássia, Laura, Thaís Gonçalves.

10) O aluno Danyel lerá uma mensagem em agradecimento a vocês.



Obrigado a todos pela atenção.