quarta-feira, 24 de agosto de 2016

APAE CONVIDA


Nesta 3ª feira dia 23/08, alunos do 8º A e o professor Toninho de Ed. Física, participaram das comemorações da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, da APAE, no clube AABB. Teve brincadeiras, lanches e danças.
Foi uma manhã muito agradável e divertida.


"O futuro se faz com a conscientização
 das diferenças."


sexta-feira, 19 de agosto de 2016

OLIMPÍADAS 2016 - VOCÊ SABIA?

As turmas do turno vespertino assistiram nas aulas de informática alguns vídeos sobre as Olimpíadas e em seguida foram desenvolvidos alguns trabalhos em sala de aula, como questionamentos a respeito dos vídeos e sobre a olimpíada, competições, jogos, confecção de murais, máscaras, desenhos...

Vídeos da série - Você sabia? Olimpíadas

Também...

Trabalhos apresentados pelos alunos do 5º ano da professora Dayse.





Parabéns alunos e professora pelos belíssimos trabalhos!

terça-feira, 16 de agosto de 2016

NO CLIMA DAS OLIMPÍADAS


PROJETO: OLIMPÍADAS – RIO/2016

PERÍODO DE TRABALHOS – De junho a agosto/2016

TURMAS ENVOLVIDAS: De 1º ao 9º ano.

A educação é um processo que acontece ao longo da vida.

A Escola deve se tornar um espaço de convivência tão real e vital

para o educando, como sua própria casa.”

John Dewey (1959)
1. Introdução
No mês de agosto de 2016 na cidade do Rio de Janeiro (Brasil), está sendo realizado os XXXI Jogos Olímpicos de Verão. A abertura foi realizada no dia 05 de agosto. A cerimônia de encerramento ocorrerá no dia 21 de agosto. O lema dos jogos é “Viva sua paixão”. As duas cerimônias acontecerá no Estádio do Maracanã.
A expectativa é de que participem, nas Olimpíadas 2016, cerca de 10.500 atletas de 206 nações.
As Olimpíadas do Rio 2016 contará com dois animados mascotes, representando a fauna e a flora, eles são: Vinícius (representa os animais do Brasil) e Tom (representa as plantas do Brasil). Os nomes são justas homenagens a dois grandes compositores da música popular brasileira: Vinícius de Moraes e Tom Jobim.

2. Justificativa
Abordar o tema “Jogos Olimpícos”, que estão sendo realizados esse ano, no Brasil, e adaptá-lo ao universo do aluno, permitindo que ele compreenda como se organiza na prativa um evento desse porte e o verdadeiro espírito olímpico que envolve este evento e o esporte como um todo.

3. Objetivos
Contribuir para o desenvolvimento do aluno como ser social, autônomo, capaz, democrático e participante, estimulando o pleno exercício da cidadania através do esporte; além de promover a integração dos alunos em um ambiente lúdico e esportivo, que visa a recreação, o lazer, e o contato com diferentes modalidades esportivas.

4. Metas
Fazer com que o aluno compreenda que um ambiente esportivo não é lugar de competição e violência, seja ele física ou verbal, mas sim, um lugar de paz, onde, além, de se aprender as regras dos esportes, deve se aprender valores e atitudes importantes para a convivência cidadã.

5. Atividades/Metodologia
Através deste Projeto, espera-se que o aluno exercite seus talentos, conhecimentos, criatividade, organização, suas habilidades físicas e motoras, espírito esportivo e coletivo, cooperação, respeito por regras e pelo outro, amizade, lealdade, etc. Através de atividades lúdicas e recreativas como músicas, paródias, danças, jogos, cartazes, desenhos, pinturas, colagens, pesquisas, jogos em geral, dinâmicas, rimas, leituras, apresentações, etc.

6. Atividades e tarefas da gincana
1ª apresentação e identificação das equipes (cores)


2. Paródia

3. Ornamentação

4. Uma modalidade Olímpica

5. Embaixadinha matemática

6. Tarefa surpresa

7. Estourar balões com desafios


8. Brincadeiras com desafios de história


9. Campeonato - Tapembol


11. Quebra-cabeça

12. Rifa
Pontuação para a equipe que vendesse o maior número de rifa.
O prêmio saiu para o Sr. Geovane Antônio Teodorico dos Santos, pai do aluno Mateus Henrique Oliveira Santos do 8º ano A.

Os alunos tiveram um recreio divertido, com uma merenda especial em comemoração ao Dia do Estudante.


Muita animação e espírito esportivo. Contamos com o apoio das funcionárias: Rosângela Camargo, Sirlene e Teresa, para serem juradas nas realizações das tarefas propostas.



No final de uma manhã festiva em clima de Olimpíadas as equipes vencedores juntamente com as outras que participaram, festejaram o encerramento do projeto.



PARABÉNS À TODOS!
 O RESULTADO FOI UM SUCESSO!

NOSSOS AGRADECIMENTOS A TODOS
 OS ENVOLVIDOS NESTE PROJETO.
 

sexta-feira, 15 de julho de 2016

JORNAL DA ESCOLA - 5ª EDIÇÃO

VAMOS REFLETIR

CULINÁRIA

PÉ DE MOLEQUE
  
Ingredientes
1 xícara (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de amendoim , torrado e sem pele


Modo de Preparo
Leve ao fogo baixo o açúcar e o amendoim, mexendo sempre até o açúcar caramelizar, sem deixar escurecer. Adicione o LEITE MOÇA® em fio e mexa com colher de cabo longo, por cerca de 15 minutos ou até a massa se desprender do fundo da panela. Unte uma superfície lisa - mármore ou assadeira com manteiga, despeje a mistura e nivele com a ajuda de uma espátula ou rolo de massa. Deixe esfriar e corte em losangos.
DICA:
- Se quiser um pé de moleque de consistência mais suave, junte ao amendoim caramelado uma xícara (chá) de leite. Mexa bem, até os grumos de açúcar se diluírem por completo. Junte então o LEITE MOÇA® e continue a receita acima.
- O pé de moleque só vai dar corte depois de algumas horas do preparo.
- Uma vez que o caramelo é muito quente, utilize uma colher de material que suporte altas temperaturas.

TURISMO
RIO DE JANEIRO
 
Pão de Açúcar é um complexo de morros localizado no bairro da Urca e composto pelo morro do Pão de Açúcar (que dá nome ao complexo), morro da Urca e morro da Babilônia. Junto com a estátua do Cristo Redentor é o maior cartão-postal da cidade do Rio de Janeiro e um dos mais famosos do Brasil. Pelas características únicas, margeado pelas águas da baía de Guanabara, constitui-se em uma referência turística internacional para a cidade.
Possui como atração complementar o passeio de teleférico, interligando a Praia Vermelha e o Morro da Urca ao Pão de Açúcar. Conhecido como Bondinho do Pão de Açúcar, o teleférico foi idealizado em 1908 e inaugurado em 1912, tornando-se o primeiro teleférico instalado no país e o terceiro do mundo. Nesses mais de noventa anos de existência, já transportou mais de trinta milhões de pessoas. Na última estação do bondinho tem-se a vista panorâmica das cidades do Rio de Janeiro e de Niterói.
O Morro do Pão de Açúcar, o mais alto do complexo, é constituído por um bloco único de gnaisse granito com mais de seiscentos milhões de anos de idade, que surgiu da separação entre os continentes sul-americano e o africano, e que sofreu alterações por pressão e temperatura. Eleva-se a 395 metros acima do nível do mar. É rico em espécies de plantas rupícolas, estando presente em suas faces diversas espécies endêmicas de bromélias e orquídeas. A face sul é especialmente rica, praticamente toda tomada por um "tapete vegetal", contrastando enormemente com a face norte que apresenta pouca vegetação em suas vertentes. É circundado por um resquício de Mata Atlântica. Em seu topo localiza-se a última estação do teleférico. O seu nome é explicado por alguns autores pela semelhança aos blocos cônicos formados pelo açúcar na fase da purga em sua fabricação, à época colonial.

                                                                                                                                                                                                                                                         
Bondinho do Pão de Açúcar é um teleférico localizado no bairro da Urca, no município do Rio de Janeiro, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Liga a Praia Vermelha ao morro da Urca e ao morro do Pão de Açúcar. É uma das principais atrações turísticas da cidade. Foi inaugurado (o seu primeiro trecho, entre a Praia Vermelha e o Morro da Urca) em 27 de outubro de 1912 e, desde então, já transportou cerca de 37 milhões de pessoas, mantendo uma média atual de 2 500 visitantes por dia. O seu nome vem da semelhança dos carros do teleférico com os bondes que circulavam no Rio de Janeiro à época de sua inauguração.
O bondinho funciona das 8 às 20 horas ao longo de duas rotas: uma ligando a base do morro da Babilônia ao morro da Urca e outra ligando o morro da Urca ao pico do Pão de Açúcar.
A primeira linha (estação inicial - morro da Urca) possui extensão de 600 metros e a velocidade máxima durante a viagem é de 6 metros por segundo (21,6 quilômetros por hora). A segunda linha (morro da Urca - Pão de Açúcar) possui extensão de 850 metros e a velocidade máxima durante a viagem é de 10 metros por segundo (36 km/h).
A capacidade atual é de 65 passageiros por viagem. Como o trajeto de cada linha é realizado em aproximadamente 3 minutos, a capacidade do teleférico é de 1 200 passageiros por hora. Mais de 40 milhões de passageiros já circularam no bondinho.
O projeto original previa uma terceira ligação entre os morros de Urca e o da Babilônia, no Leme, descartada por cruzar uma área considerada de segurança nacional. Mas o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, articula a instalação dessa linha com o governo federal, responsável pela área.
                                                                                                                                                                   


 
 
A vista da Baía da Guanabara, considerada uma das paisagens mais belas do mundo, era o atrativo que levava curiosos e alpinistas a escalar o Pão de Açúcar, já em fins do século XIX. O desenvolvimento das técnicas de engenharia e a realização da Exposição Nacional em Comemoração ao Primeiro Centenário da Abertura dos Portos do Brasil ao Comércio Internacional, em 1908, no bairro da Urca, motivaram o engenheiro Augusto Ferreira Ramos a idealizar um sistema teleférico que facilitasse o acesso ao cume do monte. Quando o bondinho foi construído, só existiam dois no mundo: o teleférico de Monte Ulia, na Espanha, com uma extensão de 280 metros e que foi construído em1907; e o teleférico de Wetterhorn, na Suíça, com um extensão de 560 metros, construído em 1908. Ramos teve de recorrer a figuras conhecidas da alta sociedade carioca, como Eduardo Guinle e Raymundo Ottoni de Castro Maya, para promover a ideia do teleférico
Para construir o teleférico, foram necessário mais de 400 operários escaladores, cada um subindo com algumas peças para os topos dos morros da Urca e do Pão de Açúcar para que fossem montadas. Um guincho auxiliou na subida dos cabos de aço. Até hoje é possível ver os pinos que foram colocados por estes escaladores na rocha na subida pelo Costão do Pão de Açúcar. Os carrinhos, com capacidade para 22 pessoas, foram importados da Alemanha. À inauguração do bondinho, em 27 de outubro de 1912, o teleférico só subia da Praia Vermelha até o morro da Urca. Três meses depois, em 18 de janeiro de 1913, já ia até o alto do Pão de Açúcar]
Em outubro de 1972, uma segunda linha, paralela, foi inaugurada, e os cabos de aços e os bondinhos foram trocados. As novas cabines importadas da Itália tinham capacidade para 75 passageiros. Com mais espaço e dois bondes em funcionamento, o fluxo aumentou de 115 para 1 360 passageiros por hora. Posteriormente, a capacidade foi reduzida para 65 por questões de conforto
O bondinho foi cenário do filme 007 Contra o Foguete da Morte, de 1979, no qual o agente secreto britânico James Bond (interpretado pelo ator Roger Moore) derrota seu inimigo Dentes de Aço, interpretado por Richard Kiel. Ainda em 1979, o equilibrista Steven McPeak caminhou sobre o cabo de aço, no trecho mais alto do percurso do bondinho. Em 2002, quando completou 90 anos, a data foi comemorada com um grande show do cantor Roberto Carlos, no Aterro do Flamengo. Em 2011, a estação da Urca foi escolhida para o lançamento do filme Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 2, com direito à presença do ator Tom Felton Em 2012, ano que completou 100 anos, foi homenageado pelo Google com um doodle. 

SAÚDE
CUIDADO COM A SUA SAÚDE

Cigarro: Fumantes têm maior incidência de câncer de pulmão, na boca, câncer de laringe, no esôfago, pâncreas, bexiga e rins do que os não fumantes. Úlceras estomacais e duodenais são 60% mais comuns entre eles. O vício de fumar subtrai o cálcio dos ossos, acelerando o processo da osteoporose.
Obesidade: A compulsão alimentar é responsável em grande parte pelo alto índice de obesidade em nosso país e no mundo. Muitas pessoas comem demasiadamente para preencher algum tipo de vazio – não só o do estômago – e não conseguem controlar o impulso por meio de remédios.
Álcool: O hábito de ingerir bebidas alcoólicas também cobra um preço alto. O álcool promove o aumento da pressão sanguínea e é tóxico para os músculos do coração. Aumenta o risco de derrame, morte súbita decorrente de arritmias e músculos cardíacos doentes, além de contribuir para o desenvolvimento da cirrose e do câncer. 
CURIOSIDADES: O que acontece quando sorrimos? 


Sistema Imunológico: Além de colaborar para a produção das células NK, as boas gargalhadas aumentam a quantidade de saliva, que também é benéfica para a imunidade.
Sistema Cardiovascular: é ativado com o sorriso, o que aumenta a frequência cardíaca e a pressão arterial, além de provocar a vasodilatação das artérias. Esse conjunto de reações proporciona maior fluxo de sangue para todo o organismo.
Sistema Respiratório: Durante a risada, os pulmões passam por uma hiperventilação, o que eleva a concentração de oxigênio na circulação sanguínea e resulta em melhor distribuição de oxigênio aos tecidos.





PASSATEMPO

ACONTECIMENTOS DA ESCOLA
GINCANA - OLIMPÍADAS - RIO/2016
Com o objetivo de abordar o tema "Jogos Olímpicos", que estão sendo realizados esse ano, no Brasil, e de envolver alunos, professores e demais membros da escola em atividades esportivas visando o desenvolvimento de habilidades físicas e motoras, espírito esportivo e coletivo, cooperação, respeito por regras e pelo outro, amizade, criatividade... através de atividades lúdicas e recreativas com as tarefas da gincana, os campeonatos internos, apresentações e o envolvimento de todos da escola.




ESTÁ 
BOMBANDO!

 AGUARDEM MAIS NOTÍCIAS SOBRE A GINCANA NA PRÓXIMA EDIÇÃO

ATUALIDADES
DESIGUALDADE SOCIAL
 
A desigualdade social pelo mundo captada em 6 imagens
Felipe Blumen - Atualizado em 18 de fevereiro de 2016 às 17:21


Toda moeda tem duas faces, assim como todo desenvolvimento. Nas grandes cidades espalhadas pelo mundo, contrastam-se regiões de maior ou menor poder econômico, às vezes separadas por fronteiras naturais ou construídas pelo homem.
A urbanização pode ser tanto inclusiva quando desigual e as imagens abaixo ilustram isso muito bem. Confira como México, Argentina, Venezuela, Brasil, Colômbia e tantos outros países podem ser tão parecidos uns com os outros quando o assunto é, ironicamente, desigualdade.
Fonte: https://catracalivre.com.br/geral/inovacao/indicacao/a-desigualdade-social-pelo-mundo-captada-em-6-imagens-aereas/

 

OS PAÍSES COM MAIS DESIGUALDADE SOCIAL NO MUNDO

Vivemos os maiores índices de desigualdade social dos últimos 30 anos
Após uma pesquisa divulgada pela Oxfam, relatando que as 85 pessoas mais ricas do mundo possuíam cerca de 50% das riquezas de todo o restante da população mundial, todos os olhos se voltaram para a questão da desigualdade social. Em outras palavras, 1% da população mundial, com patrimônio avaliado em 760.000 dólares, possuem tanto dinheiro líquido e investido quanto os 99% restante da população.


OS PAÍSES DA OCDE E OS DEMAIS EM DESIGUALDADE SOCIAL


A partir destes dados e pelo ranking disponibilizado com base no índice Gini, a média dos países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) cresceu de 0,29 nos anos 80 para 0,32 entre 2011 e 2012 – quanto mais perto de zero, mais igualitário e quanto mais próximo de um, mais desigual é a nação. Isso significa que 16 dos 21 países que fazem parte da organização tiveram piora em relação a desigualdade social. Também pelos critérios Gini, três dos cinco piores índices estão nas Américas. Isso sem considerar o Brasil, que não faz parte da OCDE, mas está entre os 8 países mais desiguais do mundo de acordo com a ONU, contabilizando 0,55 pontos.

É importante lembrar, no entanto, que, assim como o Brasil, os países africanos não são membros da OCDE e neles se concentram as desigualdades sociais mais extremas do mundo, chegando a um coeficiente de até 0,7. Essa enorme disparidade entre privilegiados e o resto da humanidade está longe de acabar, tendo só aumentado desde o início da Grande Crise, em 2008.
Acesse a todos os dados da pesquisa (em inglês): In It Together: Why Less Inequality Benefits All e conheça a seguir 10 dos países (membros da OCDE) com maior desigualdade social no mundo:
 

1. CHILE - 0,50

2. MÉXICO - 0,46

3. TURQUIA - 0,41

4. ESTADOS UNIDOS - 0,40

5. ISRAEL - 0,36

6. PORTUGAL - 0,34

7. REINO UNIDO – 0,34

8. ESPANHA - 0,33

9. GRÉCIA - 0,33

10. JAPÃO - 0,33

Fonte: http://www.e-konomista.com.br/d/desigualdade-social/



LANÇAMENTO DE FILME


As Tartarugas Ninja: Fora das Sombras

é um filme estadunidense de comédia de ação e ficção científica, realizado por Dave Green e baseado na franquia de mesmo nome. É a sequela do filme Teenage Mutant Ninja Turtles de 2014. Fora das Sombras está a ser escrito por Josh Appelbaum e André Nemec, e conta com Megan Fox, Stephen Amell, Will Arnett, William Fichtner, Brian Tee, Tyler Perry e Laura Linney no elenco. As filmagens começaram em abril de 2015 em Nova Iorque e espera-se que seja lançado a 3 de junho de 2016. 
*Foi lançado em Portugal em 9 de junho de 2016 e no Brasil em 16 de junho de 2016.

AGUARDEM A PRÓXIMA EDIÇÃO DO JORNAL 
COM MAIS NOVIDADES INTERESSANTES.